2 ideias sobre “Um pendrive igual ao meu”

  1. Opa, valeu a dica do acento ehhehe Realmente, a galera fica tentando usar o prestigio da cidade pra fazer festas pelo mundo afora… Essa exposição tinha que ser em Itu mesmo =)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *